Espátula e Bisturi / Curtinha dos Pés



Cinema Universitário do Bom!

A qualidade de Espátula e Bisturi (Brasil, 2013) é proporcional ao amadurecimento do seu personagem principal, afinal, de comédia contida, o curta-metragem se torna hilário para, em seguida, pegar o espectador no contrapé e revelar uma faceta densa e angustiada. Graças a esse pulo do gato apresentado pelo roteiro, a obra alcança uma relevância maior porque conectada a uma gama superior de sentimentos e experimentações do público. Dentro deste contexto, cabe destacar os competentes trabalhos de montagem e de fotografia, sendo o primeiro o responsável pela toada ora ágil ora paulatina exigida pela narrativa e o segundo o garantidor de um clima um tanto retrô a essa pequena grande obra.

A mesma Adrianna Oliveira que dirige Espátula... também participa, junto com Rodrigo Donza, da direção de Curtinha dos Pés (Brasil, 2013) filminho encantador pela originalidade e simplicidade. Ok, é inegável no título a presença de uma estética com pinta de campanha publicitária, característica essa que, entretanto, não chega a ser um problema porque superada pela inteligência de um script deveras bem humorado e capaz de conquistar qualquer plateia de forma instantânea - aliás, em se tratando de tempo, acaba sendo uma crueldade que Curtinha... seja tão curtinho... ¹.
Ambos os filmes representam um bom momento do cinema universitário paraense, o que vale dizer, nenhuma conexão possui com a recente abertura na, Universidade Federal do Pará, do primeiro e - por isso ou  já - cambaleante curso superior de cinema e audiovisual da região norte, eis que os dois títulos são resultados do talento e esforço de alunos dos cursos de publicidade e propaganda de universidades particulares de Belém. Neste sentido, longe de querer criar qualquer rixa ou polêmica vazia, o que se pretende aqui é dizer que, venha de onde vier, o que importa é a produção fílmica do Pará crescer para, desta feita, galgar um grau mínimo de estabilidade e assiduidade.
___________________________
1.  Vale esclarecer que o trabalho fora assim preparado para concorrer na categoria vídeo-minuto de festivais de audiovisual.

FICHA TÉCNICA – ESPÁTULA E BISTURI


Direção e Edição: Adrianna Oliveira
Roteiro: Adrianna Oliveira e André Filho
Produção: Daniel Medeiros, Fernanda Cirino, Filipe Sena, Lays Ribeiro e Linda Beatriz.

Duração: 07 min.



FICHA TÉCNICA – CURTINHA DOS PÉS


Direção: Adrianna Oliveira e Rodrigo Donza

Elenco: Isabela Maciel
Roteiro: Rodrigo Donza
Fotografia e Edição: Adrianna Oliveira
Narração: Yasmim Buenaño

Duração: 01 min.

Comentários

  1. É bem produzido mas não vejo Espatula e Bisturi como cinema. É pura publicidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela participação Vince..
      Tá registrado!

      Excluir
  2. Não é com muita frequência que vemos um blog de cinema dedicando seu espaço para filmes locais em detrimento do circuito comercial de cinema. Isso é muito positivo. Esses curtas estão disponíveis em algum link para assistir ou fazer download?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elton!
      Primeiramente, desculpe pela demora an resposta; dito isso, informo que ambos os curtas estão disponíveis no youtube. Seguem os links:
      Espátula: http://www.youtube.com/watch?v=pg3oKda5_FU
      Curtinha: http://www.youtube.com/watch?v=ePcOp3XN2Qs
      Divirta-se!

      Excluir

Postar um comentário

POSTS RECENTES MAIS LIDOS