EDITORIAL

Após muito pensar sobre a descrição do blog, topei com o seguinte texto de Leon Cakoff, in Os Filmes da Minha Vida, São Paulo: Imprensa Oficial, 2010: “qualquer imagem de qualquer época, mesmo que seja manipulada, pode ter seu valor enquanto documento. (...) Todas as imagens tem uma função. (...) A Elite pensante, em qualquer geração ou situação, corre um perigo muito grande. O de torcer o nariz para o que seja popular. (...) o ruim, na pior das hipóteses, nos ajuda a discernir o que é melhor”.

Assim, o cinema de qualquer período, lugar e/ou artista poderá aqui ser analisado, sem que a distinção entre filme de arte e diversão escapista interfira no processo, afinal, tanto o rigor quanto o formalismo em demasia podem impedir a descoberta de pequenos grandes prazeres muitas vezes encontrados nas pedras menos lapidadas. Ou, como diria um conhecido nosso, numa síntese descaradamente pop: “why so serious?”.




domingo, 17 de novembro de 2013

Os Suspeitos / Sobre Meninos e Lobos



Primogênito e Ultimogênito

Os Suspeitos (EUA, 2013) é o Sobre Meninos e Lobos (EUA, 2003) desta década. A comparação se justifica não apenas pela semelhança de seus motes como também pela acertada forma com que constroem o suspense em paralelo com o aprofundamento de seus respectivos núcleos familiares. Ademais, trata-se de filmes que nas mãos de simples funcionários resultariam banais, afinal seus enredos, de maneira inconteste, não gozam de muita originalidade. Todavia, a forma milimétrica com que fundem gêneros garante as obras êxito narrativo, além de reservar-lhes espaço na memória do espectador, o que, em última instância, denota a importância de seus diretores enquanto exímios contadores de histórias.
Clint Eastwood, em grande forma, dispensa apresentações e demonstra mais uma vez sua versatilidade, ao passo que Denis Villeneuve, após o aclamado Incêndios (Canadá/França, 2010), expõe novamente sua habilidade para desenvolver tramas que abrangem diversos personagens e tempos. Em ambos os títulos percebe-se o controle de cineastas que sabem exatamente  o que pretendem extrair do roteiro e do elenco. Nesse sentido, se em Sobre Meninos e Lobos Sean Penn, ao lado de coadjuvantes de peso, brilhava como o pai ferido pelo assassinato da filha, em Os Suspeitos  Hugh Jackman, também ladeado por vários atores de prestígio – o que inclui um Jake Gyllenhaal inspirado –, impressiona na pele do genitor de uma criança sequestrada. Nos dois exemplos são percebidos os trabalhos generosos dos atores uns para com os outros em benefício daquilo que tem a ser narrado. Essa junção precisa entre a misé-èn-scene, a técnica cinematográfica e o rico desempenho do elenco é produto do que fora coordenado pelas respectivas mentes que coordenam tais espetáculos, leia-se diretores que logram o mérito de entregar materiais mais longos que o normal mas que não por isso deixam de manter a plateia concentrada e tensa do início ao fim.
Dito isso, não se pode dizer que Os Suspeitos e Sobre Meninos e Lobos são produções que se completam porque nelas inexiste incompletude; na verdade, são títulos que se somam e provam que por mais parecida que uma história possa ser com outra, em havendo talento, sobrará sempre um modo inteligente e diferenciado de tratamento, o que logicamente implica respeito não somente para com todos os envolvidos na produção, como para com um público tão desdenhado pelas simplórias e corriqueiras repetições de fórmulas.

Ficha Técnica – SOBRE MENINOS E LOBOS
Título Original: Mystic River
Direção: Clint Eastwood
Roteiro: Brian Helgeland
Elenco Sean Penn, Kevin Bacon,  Tim Robbins, Adam Nelson,  Laurence Fishburne , Marcia Gay Harden,  Laura Linney , Emmy Rossum
Estreia no Brasil: 05.12.2003                             Estreia Mundial: 23.05.03
Duração: 138 min.





Ficha Técnica – OS SUSPEITOS
Título Original: Prisoners
Direção: Denis Villeneuve
Roteiro: Aaron Guzikowski
Elenco: Hugh Jackman, Paula Dano, Jake Gyllenhaal, Viola Davis, Brad James, David Dastmalchian, Dylan Minnette, Erin Gerasimovich, Kyla Drew Simmons, Len Cariou, Maria Bello, Melissa Leo, Terrence Howard, Wayne Duvall, Zoe Borde
Estreia no Brasil: 18.10.2013                             Estreia Mundial: 25.10.13
Duração: 146 min.

Nenhum comentário:

Postar um comentário