A Grande Volta / Um Plano Perfeito



Born in the U.S.A.

                      Para o (des)conforto daqueles que acham que o cinema europeu possui uma estética obrigatoriamente peculiar, A Grande Volta (França, 2012) e Um Plano Perfeito (França, 2012) chamam a atenção pelo excesso de influências hollywoodianas demonstradas.
                      Com efeito, de um lado tem-se o típico longa-metragem esportivo, protagonizado por um homem comum instado a superar os desafios impostos pela vida e pelo esporte, enquanto no outro corner o que se vê é a tradicional comédia romântica encabeçada por um casal que inicialmente se detesta para adiante descobrir-se apaixonado.
Neste passo, o que distancia uma obra da outra, além dos gêneros, é a forma com que cada uma abraça os clichês de cada formato, afinal:
- A Grande Volta se contenta com a medalha de filme francês mais americano já realizado, tamanha a similitude de linguagem seja no que tange a construção da imagem seja no que atine o enredo; trocando em miúdos, a saga de François, uma espécie de Forrest Gump da bicicleta, é narrada em meio a trilha sonora edificante, personagens coadjuvantes engraçadinhos e edição picotada, o que resulta numa repetição de cacoetes e ideias de outrora que retira da obra qualquer ineditismo e a torna apenas mais uma em meio a tantas outras do tipo;
- Um Plano Perfeito assume suas semelhanças para com os parentes americanos mas não o faz com desrespeito ao público, na medida em que reúne esforços para levar a tela um roteiro minimamente inteligente; dentro deste contexto, a ausência de comodismo quanto ao manejo dos clichês dá vazão a trechos deliciosamente absurdos e inusitados, tornando a obra hilária do início ao fim.
 A comédia estrelada por Dany Boon e Diane Kruger - bastante a vontade em um papel cômico - pode não inventar a roda, porém, graças a entrosadíssima dupla central de atores e a um script deveras burilado, supera com folga os respectivos exemplares norte-americanos da última década, ao passo que A Grande Volta, por seu turno, em meio a planos grandiosos, hordas de figurantes e esquadrilhas da fumaça, não vai além de uma embalagem vultosa, uma obra de pouco valor responsável por um desperdício imenso de dinheiro.
Isso soa familiar...

Ficha Técnica – A Grande Volta
Título Original: La Grande Boucle
Direção: Laurent Tuel
Roteiro: Yohan Lévy
Elenco: Clovis Cornillac, Bouli Lanners, Ary Abittan, Elodie Bouchez, Bruno Lochet
Duração: 98 min.


Ficha Técnica – Um Plano Perfeito
Título Original: Un plan parfait
Direção: Pascal Chaumeil
Roteiro: Yoann Gromb
Produção: Laurent Zeitoun
Elenco: Diane Kruger, Dany Boon, Alice Pol, Olivier Claverie, Laure Calamy
Duração: 104 min.

Comentários

POSTS RECENTES MAIS LIDOS