Xeque Mate/Copacabana

Filmes de Atrizes

No que tange o catálogo de filmes apresentados no Festival Varilux de Cinema Francês 2011, duas obras se assemelham em razão da forma como notoriamente dependem do talento de suas atrizes principais, quais sejam Xeque Mate (França, 2010) e Copacabana (França, 2009).
No primeiro caso a atriz em questão é Sandrine Bonnaire que, através dos sutis olhares e nuances de sua interpretação, concede respaldo a uma trama simples, não raro previsível, mas narrada com extrema simpatia. Contudo, não obstante a excelência de sua participação, cabe dizer que Bonnaire não é a única a se destacar em Xeque Mate, visto que seu papel de faxineira que encontra novo significado para a vida após descobrir o talento para o xadrez, ganha maior amplitude quando ladeado pelo professor otimamente vivido por Kevin Kline que encara com naturalidade a língua francesa compondo uma delicada  performance de um homem recluso que não esconde sua antipatia pela humanidade.
Já em Copacabana é Isabelle Huppert quem brilha ao personificar uma mulher que não se importa em manter o ar rebelde e irresponsável da juventude de outrora. O diferencial desta dramédia perante o filme antes comentado consiste em não haver no longa-metragem de Marc Fitoussi nenhum coadjuvante a altura da protagonista, daí Huppert brilhar sozinha carregando nas costas, portanto, um filme por vezes pequeno quando comparado a densidade de sua personagem.
Ambas as realizações são, desta feita, exemplos de como determinados projetos só ganham cor quando associados a uma indiscutível capacidade interpretativa de um ator ou uma atriz. Tal encruzilhada, como respectivamente demonstram os trabalhos abordados, resulta em duas hipóteses: ou a performance de que atua é o bastante para salvar e/ou dar sentido ao filme ou, por outro lado, serve para ofuscar tudo o que rodeia aquela interpretação, mostrando, por conseguinte, as limitações de uma produção.

COTAÇÕES:
Xeque Mate - ۞۞۞        
Copacabana - ۞۞۞

Ficha Técnica – Xeque Mate
Título Original: Joueuse
Direção: Caroline Bottaro
Estreia no Brasil: 10 de Junho de 2011
Duração: 100 min.

Ficha Técnica – Copacabana
Direção e Roteiro: Marc Fitoussi
Produção: Caroline Bonmarchand
Elenco: Isabelle Huppert (Babou )Aure Atika (Lydie )Lolita Chammah ( Esméralda)
Fotografia: Hélène Louvart
Direção de Arte: Michel Barthélémy
Edição: Martine Giordano
Estreia Mundial: 7 de Julho de 2010
Duração: 107 min.

Comentários

LEIA TAMBÉM